domingo, 4 de dezembro de 2011

Poema: Eu tive um sonho lindo este Natal

Em plena época natalícia, sobre o Natal eu escrevi este poema em contra-corrente à situação económica e social do país.

Tive um sonho este Natal
Eu vi toda a humanidade
A viver um mundo de paz
Cheio de justiça e verdade

Cooperar em vez de competir
Sem invejas, em perfeita união
Vi repartir a riqueza produzida
Sem deixar ninguém sem pão

Vi os filhos a cuidar dos pais
Quando os pais, são velhinhos
Como se fossem seus filhos
Com mil atenções e carinhos

Vi o salário pagar o empenho
Que todo o empregado deve dar
E vi o patrão a repartir o lucro
Com aquele que o ajudou a criar

Vi o marido a respeitar a mulher
E a mulher a respeitar o marido
Nunca ali se fez um divórcio
Ali não há lutas sem sentido

E se alguém cai em desgraça
Acodem todos de mão cheia
Nunca ali ninguém enriqueceu
À custa da desgraça alheia

Vi na escola alunos a aprender
A serem os homens de amanhã
Professores a ensinarem regras
Dum corpo são, em mente sã

Vi todos os povos do mundo
A amarem e a proteger a Terra
A desfazerem incompreensões
Que levam à cobiça e à guerra

Já ia o sol alto, quando acordei
Deste sonho lindo, pouco real
Sonho feito de muitos desejos
Para vos oferecer, neste Natal

5 comentários:

  1. Respostas
    1. Agradeço o seu comentário e por ter gostado.
      Muito obrigado

      Eliminar
  2. muito bonito esse poema
    quero saber quem escreveu
    quando descobrir
    querolhe dar uns parabens

    ResponderEliminar
  3. achei esse poema muito lindo queria saber quem escreveu ameiiii

    ResponderEliminar
  4. Estimada Karila
    Todos os poemas aqui publicados são de minha autoria. Fiquei satisfeito por ter gostado.

    ResponderEliminar